sexta-feira, 15 de outubro de 2010

PROFECIA OU PROFETADA?

Profecias em nome do Orkut

Profecia! Até para mencionar essa palavra tínhamos um certo temor, pois era entendido como algo muito especial, uma capacidade espiritual dada por Deus a alguém para edificar , exortar, consolar outros. As profecias  serviam para edificação na fé, para exortar os crentes a serem mais fieis e agirem com amor. Mas o que profetiza fala aos homens, para edificação, exortação e consolação. ( I Co. 14:3)
         Quando alguém se levantava e começava “Meu servo...” . Todos parávamos para ouvir. Ninguém conversava, nem dava um “Glória Deus”. Quando palavras geravam dúvidas, receio ou escandalizavam, o pastor prudentemente dizia: “ Vamos pedir a Deus que nos dê discernimento !”. Íamos para casa e esperávamos a confirmação. Se nada acontecia, nem comentávamos.
         Mas quase não acreditei quando encontrei postados no youtube uns vídeos desmascarando um determinado “pseudo pastor” que profetiza em nome do orkut, tornando estupidamente sem importância o dom de profecia, vulgarizando o nome de Deus e banalizando a fé cristã. Na platéia as pessoas cegamente acreditando no que ouvem e esquecendo de conferir que os dados “revelados” foram filtrados de suas próprias páginas de relacionamento. Ou seja, bastava o próprio raciocínio de que tudo o que estava sendo revelado já tinha sido publicado, sendo mais fria ainda, é possível afirmar que  o discernimento nem precisava ser espiritual, bastava apenas usar o bom senso.
         Profecia é inspirada pelo Espírito Santo e não pela vasculhação do orkut alheio!

Assistam e façam suas conclusões.

terça-feira, 28 de setembro de 2010

Vírus e Bactérias Espirituais: proliferam doenças do coração

Professora Selma Alves – 27 de setembro – às 21 horas
Vírus e Bactérias Espirituais:
proliferam doenças do coração

“Este povo me honra com os lábios, mas o seu coração está longe de mim” Marcos 7.6 b

         Quando lemos o capítulo 7 de Marcos, encontramos uma passagem na qual Jesus é questionado pelos fariseus sobre o fato de  seus discípulos não procederem o ritual da lavagem das mãos, antes da refeições.          O ato de lavar as mãos recebia um ritual completo : as mãos eram mergulhadas na água e depois retiradas, de forma que a água escorresse pelos braços e cotovelo. Essa tradição bem como a de se lavar  assim que voltavam do mercado ( E, quando voltam do mercado, se não se lavarem, não comem. E muitas outras coisas há que receberam para observar, como lavar os copos, os jarros, os vasos de metal e as camas.Versículo 4.)  eram para os fariseus algo fundamental: além de serem regras exercitadas  em função do que lhes fora transmitido pelos  antigos, a prática dessas regras tinha a finalidade de evitar possíveis doenças e  manter uma aparência saudável, exaltando assim o  exterior do homem. Mesmo essa cerimônia não sendo mencionada na Lei, julgavam-se cumpridores dela, pelo simples de fato de manterem  a tradição. Logo,  aquele que não procedia de tal forma transgredia a Lei e era considerado impuro.
      Jesus aproveita o momento e dá a lição de que o que contamina o homem não é o que vem de fora, mas o que procede do coração. ( Nada há,fora do homem, que, entrando nele, o possa contaminar; mas o que sai dele isso é o que contamina o homem. Versículo 15) .


          Isso significa que estar impuro não está relacionado às situações exteriores.Ou seja, as doenças  como diarréia, verminose, desidratação, febre tifóide, conjuntivite, gripes e resfriados a que estamos sujeitos a adquirir quando não higienizamos as mãos não contaminam a nossa alma, não causam danos ao nosso caráter. Mas quando nosso coração está distante de Deus, adquirimos doenças espirituais, pois é do coração, que procedem todas as bactérias dos maus pensamentos, das prostituições, do adultério; os fungos  da avareza, da maldade, do engano;os vírus da dissolução, da inveja, da blasfêmia;os vermes da soberba, da loucura.Tudo isso deixa o homem doente.Todas essas viroses , bacterioses, fungioses, verminoses contaminam o caráter do homem e o impede de servir a Deus verdadeiramente. (Porque do interior do coração dos homens saem os maus pensamentos, os adultérios, as prostituições, os homicídios, os furtos, a avareza, as maldades, o engano, a dissolução, a inveja, a blasfêmia, a soberba, a loucura. Toso estes males procedem de dentro e contaminam o homem. Versículos 21 ao 23)   Isso afasta o homem de Deus, e torna-o vulnerável a inúmeras enfermidades espirituais.
         E quantos de nós estamos como os fariseus? Honrando apenas com os lábios, mantendo tradições e  práticas culturais ,  cuidando exageradamente do que é visual, do que impressiona, do que nos faz parecer cristãos. Apenas a higiene no visual. Bonitinhos por fora , mas por dentro um coração com milhões de bactérias; um coração esbranquiçado pelos fungos , uma forma de vida daninha e oportunista,  que se alimentam de podridão, que precisam do escuro para se proliferarem. E sem perceber, invalidamos  a palavra de Deus pelas nossas aparentes regras e tradições, pois as colocamos acima de qualquer revelação divina.
         Quando um vírus ou bactéria invade o corpo do homem ocorrem vários problemas, deixando o indivíduo doente. É preciso que ele recorra ao médico para lhe receitar os medicamentos : se for doença por bactéria, antibiótico; se for doença viral, um anti-viral, que não vai combater radicalmente o vírus, mas atenuar os desconfortáveis sintomas. Ao tomarmos os medicamentos adequados,  as bactérias ,os fungos, os vermes serão disseminados, expelidos pela excreção..( MATEUS 15:17: Ainda não compreendeis que tudo que entra pela boca desce para o ventre, e é lançado fora?)
         Porém o que contamina o homem vem do próprio homem, fica no próprio homem e contamina não somente ele, mas as pessoas que estão ao seu redor: seus seguidores, seus alunos, sua família , sua igreja. E somente o sangue de Jesus para limpar toda impureza. E nem precisa dos rituais dos fariseus. Basta a pessoa querer ser limpa de verdade em seu interior.
         Quantos fariseus cheios de fungos em seu interior!Bonitinhos, limpinhos, arrumadinhos de gravata e paletó! Minuciosos com as tradições, observadores de tudo e de todos, mas com o pensamento em imoralidades sexuais, com devassidão, roubando o próprio irmão, cobiçando os bens terrenos, caluniando.
         Quantas fariseias! Invejam tudo o que a colega possui, agem com engano, agem com  superioridade sobre as demais pessoas ( soberba), querem sempre superar as demais: cantar melhor, vestir-se melhor, apresentar-se melhor.Cumprem metodicamente tantos rituais, porém o coração está distante da verdadeira Palavra de Deus. E por se distanciar, ele, o coração torna-se a fonte, o agente de inúmeras doenças.
         Sem a ação do antibiótico, a bactéria se reproduz com muita rapidez. Da mesma forma, as bactérias que provem do coração se multiplicam em milhões e afetam o bom  caráter do cristão. Quanta gente infeccionada por dentro, precisando de um bom antibiótico com 66 cápsulas para ingerir diuturnamente o ano inteiro.
         Quantos vírus ( veneno/toxina – do latim) invisíveis aos olhos humanos provem do coração! Mas quando o microscópio de Deus faz uma análise, é possivel enxergá-los e detectar que são eles que estão acabando com a nossa imunidade espiritual.
         Que possamos deixar de lado nossas tradições farisaicas e honrar a Deus e agradá-lo com obediência e  com o nosso coração verdadeiramente  puro e sarado.Que o sangue de Jesus, que a Palavra de Deus e que o Espírito Santo nos protejam contra as enfermidades que vem do coração. Que possasmo tirar a cera de nossos ouvidos espirituais e compreender as palavras de Jesus: Nada há fora do homem, que, entrando nele, o possa contaminar; mas o que sai dele isso é o que o contamina. Marcos 7: 15.




segunda-feira, 20 de setembro de 2010

A LEI DO CONGRESSO NÃO SALVARÁ O HOMOSSEXUAL

A LEI DO CONGRESSO NÃO SALVARÁ O HOMOSSEXUAL
Vamos mudar o foco!
        Chega de tanta inutilidade vinda em tempos de eleição. Não agüento mais ter que engolir COMIDA MAL PASSADA. Estou com vontade de vomitar. É vídeo , é e-mail, mensagens no orkut. São depoimentos, respostas, ataques e contra-ataques.Mas a quem??? A nós mesmos : Os crentes.
        Os oportunistas da vez, aqueles que concorrem a uma vaga no congresso federal na assembléia estadual, no senado, ou aqueles que defendem seus candidatos à Presidência do País, se deliciam ao ver que estão nos fazendo de “trouxas”, pois com os milhões de vozes que temos (projeções do censo do IBGE 2010: crescimento dos evangélicos será de 39, 32 no final de 2010: 36.480.000 crentes) vamos divulgando as asneiras que eles dizem em seus discursos infundados.
        Para cada grupo ou classe, os marketeiros usam uma estratégia. E conosco  quase sempre as mesmas:Nas propostas dos candidatos, quando se dirigem ao povo crente,  encontramos em primeiro lugar elencando a lista:A fé que o candidato professa, a opinião dele sobre o aborto, sobre a união civil homossexual e a legalização das drogas. E só sobre isso falam e discursam. Defendem-se e atacam.
        Eles levaram ao pé da palavra o que os crentes dizemos “ nós não somos deste mundo”. Ao se dirigirem a nós, não se fala sobre propostas para o crescimento econômico do país, não se fala sobre melhorias para a região onde moramos, não se fala de empregos para nossa família, estudo  para nossos filhos. Isso é falta de seriedade conosco.
        De todos que ouvi em minha igreja, só pude ouvir. Só eles falam quando tem o microfone na mão. Já vem com o discurso prontinho recheados de propostas inúteis que vão nos “agradar”.
        Parece-me que só existem duas bandeiras quando se dirigem aos crentes:  A do contra a união entre homossexuais, e a do contra o Aborto
        Como é muita coisa pra desabafar, detenho-me a falar sobre a primeira. Por que estamos fazendo tanto alarido sobre a lei que beneficiará os homossexuais.?Parece-me que estamos com medo de uma lei feita por homens.
        Gente!!!!. A lei do congresso não salvará o homossexual. Por favor!Se ainda acreditamos no poder da regeneração pelo Espírito Santo, somos nós que temos que levar a Palavra a eles, sejam eles casados civilmente ou não.
        Esse tipo de discurso faz com que o foco seja a discussão, o confronto entre Igreja e sociedade.
        Não é papel do Deputado ou Senador, ou Presidente lutar pelos valores cristãos. É nossa função. Temos que defender a nossa fé com argumentos, com verdade, com coragem. A nossa lei tem que ser espiritual. Sozinhos não venceremos o que contraria a natureza de Deus. Porém não precisamos do Estado para vencer o pecado, precisamos de união, de oração, de coragem.
        Votando em alguém que se diz contra isso ou aquilo não é certeza de que garantimos a nossa vitória.
        Temos que nos filiar ao partido de Cristo Jesus e do Espírito Santo. Não precisamos de coligação partidária para vencermos a natureza pecaminosa do homem. A vitória se dá mediante a vida no Espírito. Mas parece que estamos na carne. Tem crente que quer ficar de braços cruzados, deixar que o Estado faça as leis que estejam de acordo com a Bíblia Sagrada. Mas quanta ignorância!
        Se seguirmos a Bíblia, Roubar é pecado.Assassinar é pecado. Mas quantas leis existem que beneficiam ladrões!  A lei solta ladrão. A lei diminui a pena do assassino. Votamos em ladrões sabendo que são ladrões. Mas também pregamos perdão aos ladrões. Pregamos nas cadeias, acreditamos na transformação de vidas. E por que levantamos esse muro nos separando daqueles a quem Jesus também ofereceria o seu amor e o seu perdão?Mentir  é contrário ao caráter de Deus. Mas votamos em gente que mente.Sabemos que muitos políticos mentem, sabemos que não vão cumprir com suas palavras, e votamos neles,porque acreditamos que eles podem fazer a diferença.
        Ei, vamos mudar o foco!
        Os crentes queremos ouvir propostas para Segurança Pública, de reforma urbana, de Saúde de Educação.Os crentes ,mesmo sabendo que somos cidadãos dos céus, somos gente de carne e osso que tem os mesmo problemas que os demais brasileiros tem. Por isso queremos ouvir propostas de qualidade de vida, de cultura, de conhecimento.Os crentes  queremos ouvir falar de transporte, de moradia , de previdência social.
        E se acreditamos que Jesus salva, restaura. Vamos pregar aos homossexuais uma vida em Cristo. Deixemos de ser crentes “abestados” e não vamos permitir que sejamos objetos de apelação em tempos de campanha.
        A nossa vida é que deverá influenciar as pessoas a buscarem a salvação, e não o congresso com suas leis temporárias.
        E para não pensarem que sou contra a política, termino dizendo que as nossas escolhas políticas  deverão ser sensatas e conscientes.  E se quem vier nos governar não fale a mesma linguagem que defendemos, nem por isso deixaremos de lado a nossa espiritualidade, e  não nos afastaremos de Deus.
       

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

A família que ganhei por onde passei

 FAMÍLIA

Família...é tudo que significa proximidade, afeto.
Família não são só pessoas..são corações ligados por um sentimento maior: AMOR
Família é o espaço onde tecemos e entrelaçamos nossas relações, nossos sonhos, medos, angústias, alegria, vitórias e derrotas. Família é aliança que não pode se rompida
Família é o lugar que através das inúmeras vivências, das simples as complexas, favorece uma maturidade sadia.
Família é aconchego.
Aprendi desde cedo a considerar muita gente como minha família, pois tive que dividir desde os 02 anos de idade o meu pai e minha mãe como pais de outras pessoas, e consequentemente chamá-las de irmãs e irmãos.
Enquanto meus primos viviam rodeados dos tios e dos avós, eu vivia rodeada dos irmãos cujas igrejas meu pai dirigia. As viagens à casa dos tios e dos avós, mesmo dos que moravam em cidades próximas, eram raras, por causa das condições econômicas. Às vezes ,em minha limitação pueril não entendia.
Revoltei-me??? Claro que não... aprendi a conviver com gente de todas as classes, de todos os níveis sociais e culturais.Aprendi amar cada família de cada lugarzinho, cidade que passávamos. Essas pessoas foram a minha família. Contribuíram para o que sou hoje. Completaram meus momentos para que eu não me sentisse só. Pois , Deus faz que o solitário viva em família; liberta aqueles que estão presos em grilhões; mas os rebeldes habitam em terra seca.Salmos 68:6
Fiz amizades duradouras, fui e sou feliz!
Por isso hoje a cada lugar que volto, tem uma família que me acolhe, me abraça. Tem alguém com um pedacinho da minha história pra me contar .
Sou imensamente grata a Deus por ter crescido em meio a muitas famílias que não eram do meu sangue, mas que professavam a mesma fé, o mesmo amor em Cristo Jesus, e que me permitiam  considerá-los tios, tias, primos, primas.Eu vivia em família. Pois O mesmo Espírito testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus.Romanos 8:16 E nessa convicção, vivíamos fraternalmente.

E posso dizer... sou feliz porque tenho não só a minha família
 dos lanços consangüíneos, mas a
família do povo de Deus.


OS LÍDERES NEGLIGENTES E OS NEGLIGENCIADORES

OS LÍDERES NEGLIGENTES E OS NEGLIGENCIADORES
( Parte da Palestra em 11/06/2010 - Encontro de Líderes Infantis -
Igreja AD Sede /Curitiba)
        
         Quando reconhecemos que temos uma chamada, não podemos ser Negligentes nem Negligenciadores naquilo que estamos realizando.
         Os Líderes negligenciadores   são os que negligenciam o valor e a obra do Espírito Santo. Estes  elevam os métodos humanos acima da criatividade de Deus. Para estes, bastam apenas métodos e criatividade para fazer um trabalho de caráter infantil. Não percebem que somente o Espírito Santo está relacionado na grande obra de redenção e só Ele pode cumprir as metas espirituais da nossa chamada.
         Geralmente  muitos dos negligenciadores são muito empenhados, são organizados , tem objetivos muito bem definidos, conhecem todos programas e projetos educacionais seculares. Porém são tão auto-suficientes que se esquecem de que precisam, além da capacitação profissional, de uma capacitação espiritual. Negligenciam a fonte de onde emana todo o poder espiritual do crente. Esquecem que se ministrarmos  dependendo sempre do Espírito Santo, haverá organização, criatividade , sabedoria e acima de tudo,poder.

       Os Líderes  negligentes são como o significado da própria palavra: relaxados, descuidados, despreocupados.Os negligentes pregam  a teoria de que a educação é inimiga da espiritualidade;para eles estudar , ler, organizar, planejar ou se preparar com afinco, são atitudes que entram em conflito com o Espírito Santo. Por isso, deixam tudo para que o Espírito Santo cumpra e realize. Justificam seu despreparo com a famosa frase “Vou deixar que o Espírito Santo faça por mim”. E acabam não se esforçando, não fazendo nada. Quando a situação fica difícil, recorrem ao emocionalismo, e o resultado é quase sempre zero. Muitos dos negligentes abandonam o barco antes de chegar ao porto, entregam o cargo ao dirigente da igreja e dizem : essas crianças não querem nada com Deus. Mas continuam afirmando  que tem uma chamada,mas que o tempo acabou, e precisam desenvolver outro ministério, ou atuar em outro departamento.
         Os negligentes  estão sempre despreparados, sempre tem desculpas para tudo, são preguiçosos para a leitura bíblica, ignoram o mínimo de conhecimento que seus alunos tem, culpam as próprias crianças pelo fracasso de sua liderança. Não tem coragem de enfrentar os desafios. Outros mais despreocupados jogam a culpa para as famílias, e dizem “Lavo as mãos do que pode vir acontecer”.          Resultado: Perdem-se almas. Impedem que os pequeninos se aproximem de Jesus. Os negligentes esquecem que todos devemos prestar conta de nosso trabalho perante Deus e que deve haver fidelidade na forma como executamos nosso trabalho para Deus.
Quem é negligente, já é irmão do desperdiçador”. Provérbios 18.9
Maldito aquele que fizer a obra do Senhor despreocupadamente. Jeremias 48.10

 EVITANDO OS EXTREMISMOS
         Então qual é a medida para evitarmos esses dois problemas?
         Ensinar a Bíblia, num contexto cristão cujos princípios são as verdades divinas, é um processo divino e humano. É divino porque seus conteúdos são divinos, espirituais; é humano porque somos nós que devemos propagar essas verdades espirituais a outros humanos.
         Dessa forma, devemos confiar plenamente na atuação do Espírito Santo enquanto nos preparamos, ensinamos e transmitimos as verdades sagradas. Mas também é  nosso dever fazer com cuidado e dedicação aquilo que a nós foi confiado. “ Maldito aquele que faz a obra do senhor relaxadamente”.
         Entendemos assim, que depender do Espírito Santo no ensino, não significa deixar tudo por conta do Espírito Santo e nos descuidarmos dos processos pedagógicos , mas diariamente pedir que Ele nos capacite, que Ele nos conceda sabedoria, que antes de ensinarmos a alguém, que Ele nos ensine , que Ele nos guie em toda verdade.
         É dessa capacitação que precisamos ao aplicarmos nossas técnicas e métodos. Se estivermos afinados com o Espírito Santo certamente buscaremos os melhores recursos para o ensino e aprendizagem de  nossos alunos. Se formos negligentes estamos negando a possibilidade do Senhor nos usar em suas mãos.
         Se temos uma chamada interna do Espírito Santo, devemos nos consagrar e também nos dedicarmos a fim de desenvolvermos o crescimento daqueles que estão sob nossos cuidados: As crianças.
“O crescimento do Reino e a expansão da igreja são obras de Deus efetuadas por meio do poder do Espírito Santo. Deus utiliza pessoas comuns e sobre elas derrama o seu Espírito, e elas realizam coisas maravilhosas.” Dood, Brian.

COMO VIVER BEM COM DEUS E COM O PRÓXIMO

No final de Julho( de 23 a 26)/2010, estive em Guarapuava, onde participei como palestrante do Seminário de Educação Cristã promovido pela Igreja Assembleia de Deus. O tema abordado em minhas aulas foi  COMO VIVER BEM COM DEUS E COM O PRÓXIMO .Síntese das minhas aulas:

01 - A IMPORTÂNCIA DOS RELACIONAMENTOS

E Jesus respondeu-lhe: O primeiro de todos os mandamentos é: Ouve, Israel, o Senhor nosso Deus é o único Senhor. Amarás, pois, ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu entendimento, e de todas as tuas forças; este é o primeiro mandamento.E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Não há outro mandamento maior do que este. Marcos 12. 28-31


Esta é a  declaração mais importante sobre relacionamentos, a qual não nos deixa dúvidas de que é preciso viver com Deus e com o próximo. Aprendemos com Jesus, nestes versículos, que quando se trata de prioridades, nada mais importante do que relacionamentos, os quais devem receber o valor mais elevado. Jesus valoriza o nosso relacionamento com Deus e o nosso relacionamento uns com os outros.
DEMAIS ITENS ABORDADOS
02 -  QUANDO O PRÓXIMO É O IDOSO
03  - QUANDO O PRÓXIMO SÃO AS GERAÇÕES MAIS JOVENS
04 - OS RELACIONAMENTOS SÃO MAIS IMPORTANTES DO QUE O DINHEIRO
05 - OS RELACIONAMENTOS SÃO MAIS IMPORTANTES QUE AS TAREFAS
06 - A COMUNICAÇÃO É FUNDAMENTAL PARA OS RELACIONAMENTOS
07 -  ORAÇÃO: A PORTA DA COMUNICAÇÃO COM DEUS
08 -  DEVEMOS IRA ALÉM DE MERAS PALAVRAS
09 -  NÃO CABE A MIM, JULGAR O PRÓXIMO
10 – DEUS QUER QUE SEJAMOS MISERICORDIOSOS COM O PRÓXIMO
12- PRESTAR ATENÇÃO ÀS NECESSIDADES DO PRÓXIMO
13 – TRATE OS OUTROS COMO DESEJA SER TRATADO
15 – REJEITANDO A HIPOCRISIA
14 – AME SEUS INIMIGOS
Dentre a bibliografia usada:
HOLLADAY, Tom. Princípios de Relacionamentos de Jesus. São Paulo: Editora Vida, 2009.
Como estou estreando esse blog, no decorrer do tempo... vou postando meus comentários sobre os assuntos.